Aprendendo a cuidar e limpar seus tênis

Ao comprar um tênis de corrida, você faz uma pesquisa de marca, tipo de pisada, estilo e preço. Todo esse trabalho e investimento podem ir pelo ralo se você também não dispensar uma série de cuidados para mantê-lo bem conservado. E a regra mais comum para garantir a durabilidade é: mantenha os tênis longe da água. Claro que chega um momento em que a limpeza é necessária, seja pelo acúmulo de lama, seja pela presença de odores ou outro “motivo de força maior” qualquer. Para esses casos, a recomendação dos fabricantes lembra os cuidados dispensados às peças mais delicadas de roupas. Nada de máquina de lavar, escovas duras, produtos de limpeza, secadoras e, às vezes, nem mesmo enxágue. O negócio é uma escova de dentes, sabão neutro e pano úmido.

“A água pode afetar a entressola: se ela sempre se molha, vai ficando pesada, rígida, e perde suas propriedades de amortecimento”, explica Leandro Moraes, gerente de produto da Asics. No laboratório de testes da Fila, por exemplo, os protótipos são colocados em câmaras úmidas para medir o quanto a água afeta a durabilidade da cola usada na fabricação.

Se você molhar seu tênis, no caso de uma lavagem inevitável ou de uma corrida em dia de chuva, tire a palmilha e os cadarços e deixe a entressola respirar para secar mais rapidamente. Sem secadoras, fundos de geladeira, micro-ondas, varal ou exposição ao sol forte. “O sol direto no tênis também pode desgastar a colagem das estruturas”, completa Leandro.

Manual do Proprietário

-        Verifique se não é o caso de lavar apenas os cadarços. Remova-os e lave-os normalmente com água e sabão neutro;

-         Remova as palmilhas e limpe-as com pano úmido, sabão neutro e pano úmido;

-        Umedeça o tênis com um pano úmido e limpe-o com uma escova de dentes, sem esfregar com força;

-         Enxágue a parte interna e o cabedal com pano úmido

-        Deixe secar à sombra, com o solado apoiado no chão;

-        Após o treino, coloque os tênis para “respirar” ao ar livre, na sombra;

-        Se você treina e vai para o trabalho na sequência, não o deixe fechado na mochila o dia todo. Deixe-o no carro, por exemplo, fora de qualquer saco ou sacola;

-        Tenha dois pares com a mesma idade para revezar entre os treinos;

-        Se algo der errado logo após a compra, ligue para o fabricante e explique o caso.